DONS ESPIRITUAIS E MINISTERIAIS PDF

Saber a diferena entre dons ministeriais, outros dons ministeriais e dons espirituais. Voc compreende o que realmente dons espirituais? E qual a finalidade dos dons espirituais? Como pode uma igreja ter muitos Dons e..

Author:Dole Mezijin
Country:Paraguay
Language:English (Spanish)
Genre:Literature
Published (Last):1 August 2008
Pages:368
PDF File Size:17.4 Mb
ePub File Size:19.57 Mb
ISBN:216-4-36371-891-7
Downloads:77983
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Tagor



No irei detalhar todos os dons espirituais e nem os dons ministeriais, existe vasto material Livros, estudos, etc que faz isto, e o faz muito bem, a minha preocupao com algumas dificuldades que os cristos tem em conectar este assunto com a vida diria da Igreja e como se posicionar dinamicamente em relao as estas ddivas divinas ofertadas a noiva do cordeiro. Vamos comear do inicio e conhecer um pouco acerca do significado bsico da palavra Dom e suas variaes de forma a estabelecer um mtodo que aborda o assunto da dimenso geral at as questes particulares.

No Antigo Testamento existiam pelo menos umas doze palavras que eram usadas para indicar Dons em varias situaes como : Sacrifcio ofertado a Deus Ex Via de regra, Dons seriam presentes trocados entre os homens e entre o homem e Deus.

Em o Novo Testamento a nfase principal, dado a urgncia da tarefa da Igreja Ef 3. Nesta nova fase as palavras mais utilizadas so Dorea ou Dorema recursos ou dons gratuitos e abundantes, cuja a magnificncia est no ofertante Tg 1. Vale realar que dois traos marcantes podem ser evidenciados nesta transferncia divina humana, o primeiro que a ddiva era um ato livre de amor e segundo os bens ou dons so de Deus, Cristo e do Esprito Santo.

Cada uma das pessoas da divindade deu presentes em separado forma esttica para o servio, consolo, edificao e exortao da Igreja, e os trs operam simultaneamente ou sinergeticamente forma dinmica os dons ministeriais e espirituais na vida dos membros da igreja em prol da mesma e dos pecadores.

Veja como Paulo descreve o momento em que Deus, o Pai, oficializa estes presentes com grande poder e glria, os dons espirituais e ministeriais acima de tudo testificam da presena continua de Cristo e do Esprito Santo no meio da Igreja; seno vejamos os textos registrados em 1Co Alguns arriscam a dizer que a doutrina da trindade tambm est presente nestes versculos.

Atravs do Esprito Santo e logo aps Joo 7. Por meio de Jesus, Deus, o Pai, reorienta e ocupa a mente dos remidos com trabalho ministrio de construo e manuteno do corpo de Cristo o qual somos membros e Ele a cabea , veja 1Co Por fim Paulo fecha este momento solene de doao mostrando que as operaes do Pai envolvem um correto relacionamento entre Dons espirituais e ministeriais. Antes de consideramos as operaes dinmicas e conjuntas destes dons, iremos consider-los rapidamente em separados e abordar algumas desculpas que os lideres da Igreja, aps a morte dos primeiros cristos, usam para tentar explicar a ausncia de poder sobrenatural nos cultos da maioria das Igrejas em comparao no somente com a to remota Igreja primitiva; mas com o movimento Wesleyano ou mesmo o da Rua Azuza no inicio do sculo XX que testemunham contra tal medo e desculpas.

No item 7 estarei detalhando e diferenciando a questo de cargos, ofcios e ministrios para uma melhor compreenso.

Claro que os ofcios do AT atuavam tanto na vida publica da nao de Israel, quanto na vida espiritual; eles se confundiam com a governana do Pas, pois em ultima analise era Deus o governante da nao poltica e da nao espiritual.

Em o NT a congregao espiritual de Deus passou a ser a Igreja, sendo que todo Israelita que se converter a Cristo passa a ser parte desta nao santa 1Pe 2. Faz-se tambm necessrio a governana desta nao espiritual que est espalhada por vrias naes politicas. A parte poltica respeita as leis do pas onde a igreja local est localizada e a parte espiritual est debaixo dos ministrios de Efsios 4.

Vale lembrar que os dons do ministrio da palavra so pessoas que esto sendo dia a dia capacitadas para ministrar ao povo de Deus e aos incrdulos por meio de uma parceria entre Cristo e a prpria pessoa. Leva tempo de amadurecimento e necessita dedicao, ousadia e muita orao. Impacta diretamente na organizao do Reino de Deus na terra, influenciando no seu crescimento em quantidade e qualidade.

Como exemplo podemos citar um professor secular que se converta ao evangelho, logicamente desde o seu nascimento e durante a sua vida desenvolveu tcnicas de ensino que provavelmente, caso seja fiel cristo, ir ser usado por Cristo no ministrio de Mestre e dotado pelo Esprito Santo do dom espiritual da palavra de sabedoria. Este o caminho natural, pois foi Deus que o criou e o concedeu talentos, habilidades e agora um ministrio para a Sua glria.

Os dons ministeriais diferem dos dons espirituais neste ponto, o primeiro se desenvolve naturalmente e permanece na pessoa; o segundo acontece sobrenaturalmente e retomado pelo Esprito Santo aps cumprida a misso pontual. Vale a pena relembrar que existem algumas vises certas e erradas acerca do que seja uma pessoa ou acontecimento espiritual. A primeira que tudo que invisvel espiritual, em certa medida isto correto, pois existe o visvel e material e o invisvel dito espiritual; contudo tambm acreditamos que ser espiritual ser totalmente controlado e guiado por Deus Rom 8.

Logo o diabo invisvel, mas tambm carnal e ns, os crentes, somos visveis e espirituais. Outro erro achar que tudo que sobrenatural espiritual, e que tudo que natural NO espiritual.

Meio confuso eu concordo, porm a moral da histria o seguinte; muitas coisas, ditas naturais dentro da igreja so espirituais. Uma pregao do Pastor ou do Evangelista que tem base histrica, que foi cuidadosamente pensada, que foi construda em dois meses especialmente para o domingo a noite, que possa parecer corriqueira e natural; com certeza espiritual aos moldes de Romanos 8. Sendo assim, os dons ministeriais de Efsios 4 ou ministrios so to espirituais quanto os dons espirituais de 1Co Vamos comentar algumas dificuldades acerca do assunto e no fim resumir os ministrios de Efsios 4.

Logo os Reis Ex. Davi , Sbios Ex. Asafe , Sacerdotes Ex. Aro e Profetas Ex. Eliseu ; estavam oficialmente sendo substitudos nos seus ofcios pela nova gesto de liderana listadas em Efsios 4. Quais as finalidades desta operao de Cristo durante Sua ascenso ao Cu, primeiro aperfeioamento interno do corpo de Cristo ou segundo o dicionrio Vine; o ajuste ou preparao plena do inicio at o fim.

Ora exclama o Pastor Kenneth Hagin : Se um dos propsitos dos dons de ministrio serem dados o de aperfeioar os santos, atingiremos a maturidade sem os dons do ministrio? Uma outra finalidade a qualificao do servio cristo, ou seja; a Igreja como instituio divino-terrena uma escola terica e pratica de como o crente deve se conduzir neste mundo at a consumao de tudo. O servio aqui mencionado toda a atuao do povo de Deus em relao ao ensino espiritual interno a Igreja crescimento no conhecimento de Deus e Seus propsitos , ajuda material um em relao ao outro Gal 6.

Passa pela transformao do comportamento auxiliando na melhora da sociedade como um todo. Os dons ministeriais so essenciais no trabalho ou desempenho do servio da Igreja. Uma ltima finalidade seria o alcance da unidade da f mencionada em Efsios Ef 4. Tal unidade passa essencialmente pela compreenso por, todos os membros nas igrejas, da necessidade do reconhecimento formal dos cinco dons de Efsios 4.

Efsios 4. Quando a medida da estatura de Cristo estar plena ou completa. Foram dados somente para a poca da implantao das Igrejas e atualmente no so mais necessrios? Foram substitudos pelo que? No necessrio mais implantar Igrejas? Todos lugares habitados do planeta j possuem Igrejas evanglicas?

O que se tem que ter em mente que os objetivos dos Dons atualmente no so doutrinrios Ef 2. O perigo na negligencia dos dons tambm colocar no mesmo pacote a no considerao do Esprito santo como uma pessoa e ter vergonha do modo como Ele atua Romanos 1. Este ministrio nos moldes de At 1. Ainda hoje, principalmente missionrios At O que torna este Dom ministerial peculiar, entre outras coisas, a capacidade de estabelecer Igrejas, e para isto precisa manifestar todos os outros dons ministeriais e espirituais at que a Igreja implantada possa andar pelos prprios recursos.

Este dom ainda vlido para os dias de hoje ver detalhes no livro de Kenneth E. Ter que considerar que a Igreja j atingiu a maturidade numrica de membros e no precisa mais treinar ningum, e sabemos que isto no verdade. O que verdade, infelizmente, o medo do ministrio do Profeta, pois este o mais sobrenatural entre os Dons.

Um leigo crente comum cheio do Esprito Santo pode profetizar, mas no necessariamente profeta s porque profetiza 1Co O Profeta como Dom de ministrio precisa dos Dons espirituais da palavra de cincia, da profecia e do discernimento de espritos; como adorno e armas teis no exerccio do Dom ministerial.

O Dom ministerial requer tempo de capacitao e estudo contnuo da palavra, principalmente em o NT onde a Bblia a verdadeira profecia. Mesmo no AT os profetas aps 1Sam 9. Para maiores detalhes ver o livro de Kenneth E.

Ocorre trs vezes no NT Ef 4. Evangelizar a funo do ministrio de Evangelista. A mensagem simples e eficiente aponta para Jesus como salvador e a evidncia concreta da salvao na ressurreio de Cristo. Este o kerigma do NT e do Evangelista. Este ministrio necessita principalmente dos Dons espirituais de operao de milagres e curas 1Co Tem como funes essenciais o cuidar das ovelhas de Cristo Joo Por ser sedentrio diferente do Apostolo, Profeta e Evangelista o Pastor se identifica com a Igreja local, e promove a unificao das ovelhas em torno da congregao 1Pe 2.

A pregao devocional e doutrinria no chamado sermo o principal instrumento de alcance geral; que aliado ao gabinete pastoral, promovem a cura interior to necessria nos dias ansiosos da ps- modernidade. O Mestre tem a funo de educar, o que diferente de ensinar. Ensinar lies fundamental para a fixao Ecl Tal educao deve ser inflamada pela presena sobrenatural de Cristo.

Dentro da vida diria da Igreja possui o papel de esclarecer, expor e proclamar a palavra de Deus. No deve gostar de estudar, mas amar a aprender; pois todo bom mestre precisa ser antes de tudo um grande aluno. Tem a misso de defender e preservar o evangelho consagrado pelas escrituras do NT Ef 2. O dom espiritual mais cobiado pelo mestre deve ser o da palavra de sabedoria, que dar a fixao sobrenatural da palavra da verdade na alma e no corao do aluno Ecl A forma plural encontrada em 1Co As principais listas esto em 1Co O saudoso mestre dos dons espirituais Irmo Donald Gee, baseado em At Deus no despreza as habilidades e talentos naturais dos homens, mesmo porque foi Ele mesmo que nos criou, mas o homem que no sabe discernir tais verdades e se acha criador e autor de alguma coisa.

Todo conhecimento deve ser trazido cativo a Cristo. Donald Gee dispara O ministrio, baseado sobre dons do homem natural, quase nunca produz impresso. Geralmente atrai a ateno rara competncia do individuo e glorifica ao homem. Mas o ministrio verdadeiro, baseado sobre os dons espirituais, no glorifica ao homem mas a Deus. Era assim no verdadeiro ministrio apostlico vede 1Co 2. A segunda finalidade, manifestar o poder de Deus combatendo as vs filosofias que ameaavam e ameaam implodir a f crist na sua doutrina.

Os dons da palavra de sabedoria e de cincia jogam por terra tal tentativa. Os dons de curar e operar maravilhas enfrentavam o paganismo e as falsas manifestaes de pseudos encantadores endemoninhados.

Uma terceira finalidade a de no permitir que nos esqueamos o de que a f em Cristo sobrenatural, totalmente dependente da direo e presena do Esprito Santo, invisvel mais real veja 1Co A Quarta, e a ltima, finalidade eu reputo como a mais importante, equipar os ofcios ou ministrios de Efsios 4. Mesmo porque o objetivo maior das operaes dos dons ainda no foi alcanada Ef 4. Vejamos algumas desculpas sem fundamento : A primeira afirma que os dons eram para o inicio da Igreja ou era Apostlica.

Claro que os fundamentos da doutrina foram lanados e consagrados nesta poca Ef 2. Contudo o poder sobrenatural acompanha a presena do Esprito Santo na Igreja, sendo necessria at hoje quando continuam nascendo novas pessoas to carentes de salvao e edificao quanto no passado Apostlico.

Um segundo pretexto diz que a histria prova a NO necessidade do uso dos dons para edificao da Igreja.

DIGITAL PIANO PR 703HANDBUCH PDF

Quais são os Dons Espirituais e seus significados?

.

CALCULO 1 VICTOR CHUNGARA CASTRO PDF

Dons Espirituais: uma introdução bíblica, teológica e pastoral

.

FENOLOGIA DE RHIZOPHORA MANGLE PDF

Versículos de Dons Espirituais

.

Related Articles